João Miguel Fernandes Jorge

Portugal
n. 1943
Poeta

Se Falássemos de Amor Falávamos de Outra Maneira

Se falássemos de amor falávamos de outra maneira.

A imagem de qualquer pedra servia bem a desordem
que vai sobre esta mesa
o copo de cerveja
admiráveis modos de viver

o mais mortal amigo é sempre qualquer coisa.

Assim explicava os grandes reinados rituais
o produto da terra
a arte da guerra
a ilusão vindo de muito longe
a única árvore o único poço por fortuna. Hábil
guerreiro e de palavra.
Contra ele os que foram foram inutilmente.

João Miguel Fernandes Jorge, in "Meridional"
// Consultar versos e eventuais rimas




Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE