Mário Quintana

Brasil
30 Jul 1906 // 5 Mai 1994
Poeta/Cronista

Se tu me Amas

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

[Bilhete]

Mário Quintana, in 'Antologia Poética'




Facebook

Inspirações

As Nossas Portas

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE