Tiago Nené

Portugal
n. 29 Mar 1982
Poeta/Tradutor

Sinónimos num idioma diferente

Sinónimos num idioma diferente,
nós que carregamos estes filhos com a linguagem da luz,
que corremos com uma canção de Outono,
que varremos o nosso túmulo. Durante anos
conjugámos a meditação com os vícios do quintal, sussurrando
o nome das aves na língua estelar de todos os segredos,
recordámos selectivamente os dias de neve durante a feira,
o avô e os tios e as mãos com cheiro a tamarindo,
as folhas dobradas com uma delicadeza jovem. Porém,
dizíamos que não nos lembrávamos de nada
e qualquer coisa era então um facto e uma lenda,
uma camada de terra por cima de uma nova distância.
Na praça da nossa cidade imaginária
éramos pré-palavras e pré-silêncio,
éramos de manhãzinha e um pouco antes da nossa morte:
um prado verdíssimo, uma génese
que nos ocorria na borda do espírito
ou então na pele de cada criança que nascia de nós.
O nosso sonho era na realidade
ser como aquelas pessoas que se lembram de tudo.

Tiago Nené, in 'Este Obscuro Objecto do Desejo'




Facebook

Inspirações

O Desejo e a Posse

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE