António Osório

Portugal
n. 1 Ago 1933
Escritor/Poeta

Sítio Exacto

Sei que não acaba
o teu prazer,
nem o meu.

Alguém
ama connosco
e nos leva
ao sítio exacto
das estações.

Nem o sono
depois nos pertence,
quinhão de outros
herdado após amarem.

António Osório, in 'O Lugar do Amor'
// Consultar versos e eventuais rimas




Outros Poemas de António Osório:

Facebook

Inspirações

O que Conta na Vida

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE