21 Poemas

>>

Ausência (1)

Por muito tempo achei que a ausência é falta./ E lastimava, ignorante, a falta./ Hoje não a lastimo./ Não há falta na ausência./ A ausência é um estar em mim./ E sinto-a, branca, tão pegada, aconcheg...

Eis-me (2)

Eis-me/ Tendo-me despido de todos os meus mantos/ Tendo-me separado de adivinhos mágicos e deuses/ Para ficar sozinha ante o silêncio/ Ante o silêncio e o esplendor da tua face/ / Mas tu és de todos ...

Sofro de não te Ver (3)

Sofro/ de não te ver,/ de perder/ os teus gestos/ leves, lestos,/ a tua fala/ que o sorriso embala,/ a tua alma/ límpida, tão calma.../ / Sofro/ de te perder,/ durante dias que parecem meses,/ durant...

Explicação da Ausência (4)

Desde que nos deixaste o tempo nunca mais se transformou/ Não rodou mais para a festa não irrompeu/ Em labareda ou nuvem no coração de ninguém./ A mudança fez-se vazio repetido/ E o a vir a mesma afi...

Distância (5)

Não vás para tão longe!/ Vem sentar-te/ Aqui na chaise-longue, ao pé de mim.../ Tenho o desejo doido de contar-te/ Estas saudades que não tinham fim./ / Não vás para tão longe;/ Quero ver/ Se ...

Canção à Ausente (6)

Para te amar ensaiei os meus lábios... / Deixei de pronunciar palavras duras./ Para te amar ensaiei os meus lábios!/ / Para tocar-te ensaiei os meus dedos.../ Banhei-os na água límpida das fontes./ P...

A Partir da Ausência (7)

Imaginar a forma / doutro ser Na língua,/ proferir o seu desejo/ O toque inteiro/ / Não existir/ / Se o digo acendo os filamentos/ desta nocturna lâmpada/ A pedra toco do silêncio densa/ Os veios de ...

Teu Só Sossego aqui Contigo Ausente (8)

Teu só sossego aqui contigo ausente/ Na casa que te veste à justa de paredes,/ Tenho-te em móveis, nos perfumes, na semente/ Dos cuidados que deixas ao partir,/ A doce estância toda povoada/ Dos míni...

A Eterna Ausência (9)

Eu aguardei com lágrimas e o vento/ suavizando o meu instinto aberto/ no fumo do cigarro ou na alegria das aves/ o surgimento anónimo/ no grande cais da vida/ ...

Ausência (10)

Fala/ / Ouvir-te-ei/ Ainda que os segredos/ As amoras me chamem/ / Diz-me/ Que existirão lágrimas para chorar/ Na velhice/ Na solidão/ / Ainda que acordes os olhos dos deuses/ / Fala/ / Ouvir-te-ei/ ...
>>

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE