2 Poemas



Avarento (1)

Puxando um avarento de um pataco/ Para pagar a tampa de um buraco/ Que tinha já nas abas do casaco,/ Levanta os olhos, vê o céu opaco,/ Revira-os fulo e dá com um macaco/ Defronte, numa loja de tabac...

O Avarento (2)

No meio de seus cofres, desvelado, / Co'as tampas levantadas, rasas de ouro,/ Cevando a vista está no metal louro/ Dele o cioso Avarento namorado./ / Temendo que lhe venha a ser roubado,/ Emprega alm...


Facebook

O Amor entre o Trigo

Cheguei ao acampamento dos Hernández antes do meio-dia, fresco e alegre. A minha cavalgada solitária pelos caminhos desertos, o repouso do sono, tudo isso refulgia na minha taciturna juventude. A de...

O que Distingue os Felizes dos Outros

o que distingue os felizes dos outros é a força da sua condenação, todos estamos condenados a morrer mas poucos a viver, há que saber articular o que tem de ser no interior do que temos, encontrar es...
© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE