12 Poemas



Procuro-te (1)

Procuro a ternura súbita,/ os olhos ou o sol por nascer/ do tamanho do mundo,/ o sangue que nenhuma espada viu,/ o ar onde a respiração é doce,/ um pássaro no bosque/ com a forma de um grito de alegr...

insinceridade (2)

quis-nos aos dois enlaçados/ meu amor ao lusco-fusco/ mas sem saber o que busco:/ há poentes desolados/ e o vento às vezes é brusco/ / nem o cheiro a maresia/ a rebate nas marés/ na costa de lés a lé...

O Palácio da Ventura (3)

Sonho que sou um cavaleiro andante./ Por desertos, por sóis, por noite escura,/ Paladino do amor, busco anelante/ O palácio encantado da Ventura!/ / Mas já desmaio, exausto e vacilante,/ Quebrada a e...

Escavação (4)

Numa ânsia de ter alguma cousa,/ Divago por mim mesmo a procurar,/ Desço-me todo, em vão, sem nada achar,/ E a minh'alma perdida não repousa./ / Nada tendo, decido-me a criar:/ Brando a espada: sou l...

Prince Charmant (5)

No lânguido esmaecer das amorosas/ Tardes que morrem voluptuosamente/ Procurei-O no meio de toda a gente./ Procurei-O em horas silenciosas/ / Das noites da minh'alma tenebrosas!/ Boca sangrando beijo...
Livro de Sóror Saudade

Desencontro (6)

Só quem procura sabe como há dias/ de imensa paz deserta; pelas ruas/ a luz perpassa dividida em duas:/ a luz que pousa nas paredes frias,/ outra que oscila desenhando estrias/ nos corpos ascendentes...

O Mar é Longe, mas Somos Nós o Vento (7)

O mar é longe, mas somos nós o vento;/ e a lembrança que tira, até ser ele,/ é doutro e mesmo, é ar da tua boca/ onde o silêncio pasce e a noite aceita./ Donde estás, que névoa me perturba/ mais que ...

Terra - 24 (8)

António, é preciso partir!/ o moleiro não fia,/ a terra é estéril,/ a arca vazia,/ o gado minga e se fina!/ António, é preciso partir!/ A enxada sem uso,/ o arado enferruja,/ o menino quere o pão; a ...

Uma Certa Quantidade (9)

Uma certa quantidade de gente à procura/ de gente à procura duma certa quantidade/ / Soma:/ uma paisagem extremamente à procura/ o problema da luz (adrede ligado ao problema da vergonha)/ e o problem...

Em Busca (10)

Ponho os olhos em mim, como se olhasse um estranho,/ E choro de me ver tão outro, tão mudado.../ Sem desvendar a causa, o íntimo cuidado/ Que sofro do meu mal — o mal de que provenho./ / Já não sou a...

Mil Anos Há que Busco a Minha Estrela (11)

Mil anos há que busco a minha estrela/ E os Fados dizem que ma têm guardada;/ Levantei-me de noite e madrugada,/ Por mais que madruguei, não pude vê-la./ / Já não espero haver alcance dela/ Senão dep...

Bramido (12)

ao Eduardo White/ / em quantas dimensões alastram/ essas tuas palavras/ / com que buscas/ afinal só ternura/ / a ternura de ser/ / o sorriso/ a lágrima/ a angústia/ / Glória de Sant'Anna, i...


Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE