8 Poemas



A Nossa Casa (1)

A nossa casa, Amor, a nossa casa!/ Onde está ela, Amor, que não a vejo?/ Na minha doida fantasia em brasa/ Constrói-a, num instante, o meu desejo!/ / Onde está ela, Amor, a nossa casa,/ O bem que nes...
Charneca em Flor

Amor como em Casa (2)

Regresso devagar ao teu/ sorriso como quem volta a casa. Faço de conta que/ não é nada comigo. Distraído percorro/ o caminho familiar da saudade,/ pequeninas coisas me prendem,/ uma tarde num café, u...

Casa Abandonada (3)

Minha saudade não larga/ Certa casa abandonada./ E sinto, na boca, amarga,/ Essa lágrima chorada/ Quando a deixei.../ / Caía, de leve, a tarde.../ E, olhando para trás, vi/ Aquela porta fechada./ / N...

Na Casa Defronte (4)

Na casa defronte de mim e dos meus sonhos, / Que felicidade há sempre! / / Moram ali pessoas que desconheço, que já vi mas não vi. / São felizes, porque não sou eu. / / As crianças, que brincam às sa...

Com a Altura da Idade a Casa se Acrescenta (5)

Com a altura da idade a casa se acrescenta./ Não é que aumente a quantidade ao espaço./ Mas, sendo mais longínquos, o desapego pensa/ maior distância quando se fica a olhá-lo./ Ou, se quiserem, uma r...

A Casa (6)

É um chalé com alpendre,/ forrado de hera./ Na sala,/ tem uma gravura de Natal com neve./ Não tem lugar pra esta casa em ruas que se conhecem./ Mas afirmo que tem janelas,/ claridade de lâmpada atrav...

A Idade (7)

Ao princípio, era a doença de ser, pura e simples/ exaltação das trevas de que a casa era a luz do mundo./ Ao princípio, estava o amor oculto no secreto fio/ da memória do mundo. Ao princípio, era o ...

A Área (8)

Tudo o que houve, permanece, proeza do corpo/ como um sulco bárbaro da memória dos dias,/ ritos, remorsos, sementes futuras, a mudez./ Tudo aconteceu nas lágrimas e nas veias,/ / na precisão das luze...


Pesquisa

Facebook

Como é Difícil Ser Natural

É curioso como é difícil ser natural. Como a gente está sempre pronta a vestir a casaca das ideias, sem a humildade de se mostrar em camisa, na intimidade simples e humana da estupidez ou mesmo da in...

Dói-me a Vida aos Poucos

Estou num daqueles dias em que nunca tive futuro. Há só um presente imóvel com um muro de angústia em torno. A margem de lá do rio nunca, enquanto é a de lá, é a de cá, e é esta a razão intima de tod...