1 Poema



Estoicismo (1)

(A Manoel Duarte de Almeida)/ / Tu que não crês, nem amas, nem esperas,/ Espírito de eterna negação,/ Teu hálito gelou-me o coração/ E destroçou-me da alma as primaveras.../ / Atravessando regiões au...


Facebook

© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE