4 Poemas



Minha Culpa (1)

A Artur Ledesma/ / Sei lá! Sei lá! Eu sei lá bem/ Quem sou?! Um fogo-fátuo, uma miragem.../ Sou um reflexo... um canto de paisagem/ Ou apenas cenário! Um vaivém.../ / Como a sorte: hoje aqui, depois ...
Charneca em Flor

Confissão (2)

De um e outro lado do que sou,/ da luz e da obscuridade,/ do ouro e do pó,/ ouço pedirem-me que escolha;/ e deixe para trás a inquietação,/ a dor,/ um peso de não sei que ansiedade./ / Mas levo comig...

Confissão (3)

Vivo um drama interior./ Já nele pouco a pouco me consumo./ E de tanto te buscar,/ Mas sem nunca te encontrar,/ Sou como um barco sem leme,/ Que perdesse o rumo,/ No alto mar./ / Da minha vida, assim...

Confissão (4)

Meus lábios, meus olhos (a flor e o veludo...)/ Minha ideia turva, minha voz sonora,/ Meu corpo vestido, meu sonho desnudo.../ Senhor confessor! Sabeis tudo — tudo!/ Quanto o vulgo, ingénuo, ao sauda...


Facebook

Inspirações

O Que Está Certo

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE