2 Poemas



Ironias do Desgosto (1)

Onde é que te nasceu - dizia-me ela às vezes -/ O horror calado e triste às coisas sepulcrais?/ Por que é que não possuis a verve dos franceses/ E aspiras, em silêncio, os frascos dos meus sais?...

Em Busca (2)

Ponho os olhos em mim, como se olhasse um estranho,/ E choro de me ver tão outro, tão mudado.../ Sem desvendar a causa, o íntimo cuidado/ Que sofro do meu mal — o mal de que provenho./ / Já não sou a...


Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE