62 Poemas

>>

Aos Olhos Dele (1)

Não acredito em nada. As minhas crenças/ Voaram como voa a pomba mansa,/ Pelo azul do ar. E assim fugiram o/ As minhas doces crenças de criança./ / Fiquei então sem fé; e a toda gente/ Eu digo sempre...
A Mensageira das Violetas

Há Metafísica Bastante em não Pensar em Nada (2)

Há metafísica bastante em não pensar em nada./ / O que penso eu do mundo?/ Sei lá o que penso do mundo!/ Se eu adoecesse pensaria nisso./ / Que idéia tenho eu das cousas?/ Que opinião tenho sobre as ...

Na Mão de Deus (3)

Na mão de Deus, na sua mão direita,/ Descansou afinal meu coração./ Do palácio encantado da Ilusão/ Desci a passo e passo a escada estreita./ / Como as flores mortais, com que se enfeita/ A ignorânci...

Por que não Haverá de Mim um Deus? (4)

Se a cada coisa que há um deus compete,/ Por que não haverá de mim um deus?/ Por que o não serei eu?/ É em mim que o deus anima/ Porque eu sinto./ O mundo externo claramente vejo —/ Coisas, homens, s...

Não Creio nesse Deus (5)

I/ / Não sei se és parvo se és inteligente/ — Ao disfrutares vida de nababo/ Louvando um Deus, do qual te dizes crente,/ Que te livre das garras do diabo/ E te faça feliz eternamente./ / II/ / Não vê...

Os Vendilhões do Templo (6)

Deus disse: faz todo o bem/ Neste mundo, e, se puderes,/ Acode a toda a desgraça/ E não faças a ninguém/ Aquilo que tu não queres/ Que, por mal, alguém te faça./ / Fazer bem não é só dar/ Pão aos que...

Aceita o Universo (7)

Aceita o universo/ Como to deram os deuses./ Se os deuses te quisessem dar outro/ Ter-to-iam dado./ / Se há outras matérias e outros mundos/ Haja./ / Alberto Caeiro, in Poemas Inconjuntos / ...

Divina Comédia (8)

Erguendo os braços para o céu distante/ E apostrofando os deuses invisíveis,/ Os homens clamam: — «Deuses impassíveis,/ A quem serve o destino triunfante,/ / Porque é que nos criastes?! Incessante/ C...

Deus Triste (9)

Deus é triste./ / Domingo descobri que Deus é triste/ pela semana afora e além do tempo./ / A solidão de Deus é incomparável./ Deus não está diante de Deus./ Está sempre em si mesmo e cobre tudo/ tri...

Da Verdade não Quero Mais que a Vida (10)

Sob a leve tutela/ De deuses descuidosos,/ Quero gastar as concedidas horas/ Desta fadada vida./ Nada podendo contra/ O ser que me fizeram,/ Desejo ao menos que me haja o Fado/ Dado a paz por destino...

Ecce Homo (11)

Desbaratamos deuses, procurando/ Um que nos satisfaça ou justifique./ Desbaratamos esperança, imaginando/ Uma causa maior que nos explique./ / Pensando nos secamos e perdemos/ Esta força selvagem e s...

Ignoto Deo (12)

Desisti de saber qual é o Teu nome,/ Se tens ou não tens nome que Te demos,/ Ou que rosto é que toma, se algum tome,/ Teu sopro tão além de quanto vemos./ / Desisti de Te amar, por mais que a fome/ D...

Quero dos Deuses só que me não Lembrem (13)

Quero dos deuses só que me não lembrem./ Serei livre — sem dita nem desdita,/ Como o vento que é a vida/ Do ar que não é nada./ O ódio e o amor iguais nos buscam; ambos,/ Cada um com seu modo, nos op...

Pensar em Deus é Desobedecer a Deus (14)

Pensar em Deus é desobedecer a Deus,/ Porque Deus quis que o não conhecêssemos,/ Por isso se nos não mostrou.../ Sejamos simples e calmos,/ Como os regatos e as árvores,/ E Deus amar-nos-á fazendo de...

A Minha Religião é o Novo (15)

A minha Religião é o Novo./ Este dia, por exemplo; o pôr do Sol,/ estas invenções habituais: o Mar./ Ainda:/ os cisnes a Ralhar com a água. A Rapariga mais bonita que/ ontem./ Deus como habitante úni...

A Imagem Divina (16)

Compaixão, Pena, Paz & Amor,/ Todos lhes rezam no seu sofrimento;/ E a estas virtudes de tanto fulgor/ Entregam o seu agradecimento./ / Compaixão, Pena, Paz & Amor/ É Deus, nosso pai adorado,/ Compai...

Deus é a Nossa Mulher-a-Dias (17)

Deus é a nossa/ mulher-a-dias/ que nos dá prendas/ que deitamos fora/ como a vida/ porque achamos/ que não presta/ / Deus é a nossa/ mulher-a-dias/ que nos dá prendas/ que deitamos fora/ como a fé/ p...

Teoria da Presença de Deus (18)

Somos seres olhados/ Quando os nossos braços ensaiarem um gesto/ fora do dia-a-dia ou não seguirem/ a marca deixada pelas rodas dos carros/ ao longo da vereda marginada de choupos/ na manhã inocente ...

A Graça (19)

Que harmonia suave/ É esta, que na mente/ Eu sinto murmurar,/ Ora profunda e grave,/ Ora meiga e cadente,/ Ora que faz chorar?/ Porque da morte a sombra,/ Que para mim em tudo/ Negra se reproduz,/ Se...

Princípio (20)

Não tenho deuses. Vivo/ Desamparado./ Sonhei deuses outrora,/ Mas acordei./ Agora/ Os acúleos são versos,/ E tacteiam apenas/ A ilusão de um suporte./ Mas a inércia da morte,/ O descanso da vide na r...
>>

Facebook

Pai

Pai. A tarde dissolve-se sobre a terra, sobre a nossa casa. O céu desfia um sopro quieto nos rostos. Acende-se a lua. Translúcida, adormece um sono cálido nos olhares. Anoitece devagar. Dizia nunca e...

A Vida é uma Montanha Russa

A vida não é uma linha reta em que alguém conquistado ou algo adquirido é uma segurança para todo o sempre; a vida é uma montanha russa e, de vez em quando, sim, é preciso ficares de pernas para o ar...
Inspirações

Vive Profundamente

© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE