10 Poemas



Colhe o Dia, porque És Ele (1)

Uns, com os olhos postos no passado,/ Vêem o que não vêem: outros, fitos/ Os mesmos olhos no futuro, vêem/ O que não pode ver-se./ / Por que tão longe ir pôr o que está perto —/ A segurança nossa? Es...

Feliz Dia para Quem É (2)

Feliz dia para quem é/ O igual do dia,/ E no exterior azul que vê/ Simples confia!/ / Azul do céu faz pena a quem/ Não pode ser/ Na alma um azul do céu também/ Com que viver/ / Ah, e se o verde com q...

De Que São Feitos os Dias? (3)

De que são feitos os dias?/ - De pequenos desejos,/ vagarosas saudades,/ silenciosas lembranças./ / Entre mágoas sombrias,/ momentâneos lampejos:/ vagas felicidades,/ inactuais esperanças./ / De louc...

Domingo Irei (4)

Domingo irei para as hortas na pessoa dos outros, / Contente da minha anonimidade. / Domingo serei feliz — eles, eles... / Domingo... / Hoje é quinta-feira da semana que não tem domingo... / Nenhum d...

Começa a Ir Ser Dia (5)

Começa a ir ser dia,/ O céu negro começa,/ Numa menor negrura/ Da sua noite escura,/ A Ter uma cor fria/ Onde a negrura cessa./ / Um negro azul-cinzento/ Emerge vagamente/ De onde o oriente dorme/ Se...

Dia (6)

De que céu caído,/ oh insólito,/ imóvel solitário na onda do tempo?/ És a duração,/ o tempo que amadurece/ num instante enorme, diáfano:/ flecha no ar,/ branco embelezado/ e espaço já sem memória de ...

Todos os Dias (7)

Todos os dias/ nascem pequeninas nuvens,/ róseas umas,/ aniladas outras,/ nacaradas espumas.../ / Todos os dias/ nascem rosas,/ também róseas/ ou cor de chá, de veludo.../ / Todos os dias/ nascem vio...

Fim do Dia (8)

Aquieta-se o silêncio na folhagem,/ que em árvores teceu amor antigo;/ sobressalto transposto da viagem/ que o dia rumoroso fez consigo./ / O coração, que é sombra na paisagem,/ dá às palavras vãs ou...

O Calendário Ardente dos Teus Dias (9)

o calendário ardente dos teus dias/ a lista das tuas agonias/ / como se atreve/ como não ousa serenar/ serenar-te/ / no ímpeto fugidio e secreto/ ...

Foi um Dia de Inúteis Agonias (10)

Foi um dia de inúteis agonias./ Dia de sol, inundado de sol!.../ Fulgiam nuas as espadas frias.../ Dia de sol, inundado de sol!.../ Foi um dia de falsas alegrias./ Dália a esfolhar-se, _o seu mole so...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE