10 Poemas



Colhe o Dia, porque És Ele (1)

Uns, com os olhos postos no passado,/ Vêem o que não vêem: outros, fitos/ Os mesmos olhos no futuro, vêem/ O que não pode ver-se./ / Por que tão longe ir pôr o que está perto —/ A segurança nossa? Es...

Feliz Dia para Quem É (2)

Feliz dia para quem é/ O igual do dia,/ E no exterior azul que vê/ Simples confia!/ / Azul do céu faz pena a quem/ Não pode ser/ Na alma um azul do céu também/ Com que viver/ / Ah, e se o verde com q...

De Que São Feitos os Dias? (3)

De que são feitos os dias?/ - De pequenos desejos,/ vagarosas saudades,/ silenciosas lembranças./ / Entre mágoas sombrias,/ momentâneos lampejos:/ vagas felicidades,/ inactuais esperanças./ / De louc...

Domingo Irei (4)

Domingo irei para as hortas na pessoa dos outros, / Contente da minha anonimidade. / Domingo serei feliz — eles, eles... / Domingo... / Hoje é quinta-feira da semana que não tem domingo... / Nenhum d...

Começa a Ir Ser Dia (5)

Começa a ir ser dia,/ O céu negro começa,/ Numa menor negrura/ Da sua noite escura,/ A Ter uma cor fria/ Onde a negrura cessa./ / Um negro azul-cinzento/ Emerge vagamente/ De onde o oriente dorme/ Se...

Dia (6)

De que céu caído,/ oh insólito,/ imóvel solitário na onda do tempo?/ És a duração,/ o tempo que amadurece/ num instante enorme, diáfano:/ flecha no ar,/ branco embelezado/ e espaço já sem memória de ...

Todos os Dias (7)

Todos os dias/ nascem pequeninas nuvens,/ róseas umas,/ aniladas outras,/ nacaradas espumas.../ / Todos os dias/ nascem rosas,/ também róseas/ ou cor de chá, de veludo.../ / Todos os dias/ nascem vio...

Fim do Dia (8)

Aquieta-se o silêncio na folhagem,/ que em árvores teceu amor antigo;/ sobressalto transposto da viagem/ que o dia rumoroso fez consigo./ / O coração, que é sombra na paisagem,/ dá às palavras vãs ou...

O Calendário Ardente dos Teus Dias (9)

o calendário ardente dos teus dias/ a lista das tuas agonias/ / como se atreve/ como não ousa serenar/ serenar-te/ / no ímpeto fugidio e secreto/ ...

Foi um Dia de Inúteis Agonias (10)

Foi um dia de inúteis agonias./ Dia de sol, inundado de sol!.../ Fulgiam nuas as espadas frias.../ Dia de sol, inundado de sol!.../ Foi um dia de falsas alegrias./ Dália a esfolhar-se, _o seu mole so...


Facebook

Em Tudo o que Fiz Bem Pus um Pouco de Ti

Eis o teu rosto iluminado por esta hora de maio. Ao filho autêntico, basta fechar os olhos para encontrar o rosto da sua mãe. A fronteira que separa o dentro do fora é vaga de propósito, mais exata...

O Bom e o Mau em Todos Nós

Atrever-me-ia a dizer que há alguma coisa de intrinsecamente bom em todos os seres humanos, que, entre outras coisas, tem origem no atributo de consciência social que todos possuímos. E, sim, também ...
© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE