9 Poemas



Tenho uma Grande Constipação (1)

Tenho uma grande constipação, / E toda a gente sabe como as grandes constipações / Alteram todo o sistema do universo, / Zangam-nos contra a vida, / E fazem espirrar até à metafísica. / Tenho o dia p...

Doente (2)

Que negro mal o meu! estou cada vez mais rouco!/ Fogem de mim com asco as virgens d'olhar cálido.../ E os velhos, quando passo, vendo-me tão pálido,/ Comentam entre si: - coitado, está por pouco!.../...

Já Velho e Doente (3)

«Seja a terra da Terceira/ A minha coberta de alma»,/ Disse eu na idade fagueira,/ Em que tudo é força e calma./ / Mas hoje, já velho e doente,/ Em que as almas não se cobrem,/ Hoje sim, peço seriame...

Pedes a Deus Quanto a ti te Quitas (4)

QUE COM OS SEUS EXCESSOS ACELERAM A DOENÇA E A VELHICE/ / Que os anos sobre ti voem bem leves,/ pedes a Deus; e que o rosto as pegadas/ deles não sinta, e às grenhas bem penteadas/ não transmita ...

Pobre Tysica! (5)

Quando ella passa á minha porta,/ Magra, livida, quazi morta,/ E vae até á beira-mar,/ Labios brancos, olhos pizados:/ Meu coração dobra a finados,/ Meu coração poe-se a chorar.../ / Perpassa leve co...

Uma Doença Cúmplice (6)

uma doença cúmplice, marcas púrpura/ dão ao teu rosto a expressão do exílio/ a que te submetes, gemeste/ toda a noite, soçobraste/ / à febre alta do final da tarde, uma prega,/ vincada no teu rosto,/...

Havendo Escapado de uma Grande Doença (7)

Foi tão cruel, tão duramente forte/ A que passei tormenta repetida,/ Que não fazendo já conta da vida,/ Só chegava a fazer caso da morte./ / Mas lastimada de meu mal a sorte,/ Quando já me notava na ...

A um Desmaio por Causa de uma Sangria (8)

Penetrou lanceta dura/ Naquele valente braço:/ Muita neve em pouco espaço,/ Muita prata em neve pura./ De ambição não foi loucura,/ Destino sim, e foi mais./ Que com circunstâncias tais/ Descobriu um...

Também o que é Eterno (9)

Também o que é eterno morre um dia./ Eu tusso e sinto a dor que a tosse traz;/ O doutor quer por força a ecografia,/ Mas eu não estou pra tantas precisões./ / Eu rio à morte com um riso largo:/ Morre...


Pesquisa

Facebook

Religião do Medo

Com o homem primitivo é o medo acima de tudo que evoca noções religiosas — medo da fome, das feras, da doença, da morte. Como neste estado de existência o conhecimento das relações causais está usual...

Só se Pode Ser Feliz Simplificando

Só se pode ser feliz simplificando, simplificando sempre, arrancando, diminuindo, esmagando, reduzindo; e a inteligência cria em volta de nós um mar imenso de ondas, de espumas, de destroços, no meio...