25 Poemas

>>

O que Me Dói não É (1)

O que me dói não é/ O que há no coração/ Mas essas coisas lindas/ Que nunca existirão.../ / São as formas sem forma/ Que passam sem que a dor/ As possa conhecer/ Ou as sonhar o amor./ / São como se a...

Sem Remédio (2)

Aqueles que me têm muito amor/ Não sabem o que sinto e o que sou .../ Não sabem que passou, um dia, a Dor/ À minha porta e, nesse dia, entrou./ / E é desde então que eu sinto este pavor,/ Este frio q...
Livro de Mágoas

Vaga, no Azul Amplo Solta (3)

Vaga, no azul amplo solta,/ Vai uma nuvem errando./ O meu passado não volta./ Não é o que estou chorando./ / O que choro é diferente./ Entra mais na alma da alma./ Mas como, no céu sem gente,/ A nuve...

A Minha Dor (4)

A minha Dor é um convento ideal/ Cheio de claustros, sombras, arcarias,/ Aonde a pedra em convulsões sombrias/ Tem linhas dum requinte escultural./ / Os sinos têm dobres de agonias/ Ao gemer, comovid...
Livro de Mágoas

A Dor Tem um Elemento de Vazio (5)

A Dor - tem um Elemento de Vazio -/ Não se consegue lembrar / De quando começou - ou se houve / Um tempo em que não existiu -/ / Não tem Futuro - para lá de si própria -/ O seu Infinito contém/ O seu...

O Grito (6)

Se ao menos esta dor servisse/ se ela batesse nas paredes/ abrisse portas/ falasse/ se ela cantasse e despenteasse os cabelos/ / se ao menos esta dor se visse/ se ela saltasse fora da garganta como u...

Branco e Vermelho (7)

A dor, forte e imprevista,/ Ferindo-me, imprevista,/ De branca e de imprevista/ Foi um deslumbramento,/ Que me endoidou a vista,/ Fez-me perder a vista,/ Fez-me fugir a vista,/ Num doce esvaimento./ ...

Glosa (8)

Quem me roubou a minha dor antiga,/ E só a vida me deixou por dor?/ Quem, entre o incêndio da alma em que o ser periga,/ Me deixou só no fogo e no torpor?/ / Quem fez a fantasia minha amiga,/ Negando...

Hino à Dor (9)

Sorri com mais doçura a boca de quem sofre,/ Embora amargue o fel que os seus lábios beberam;/ É mais ardente o olhar onde, como um aljofre,/ A Dor se condensou e as lágrimas correram./ / Soa, como s...

Ícaro (10)

A minha Dor, vesti-a de brocado,/ Fi-la cantar um choro em melopeia,/ Ergui-lhe um trono de oiro imaculado,/ Ajoelhei de mãos postas e adorei-a./ / Por longo tempo, assim fiquei prostrado,/ Moendo os...
>>

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE