1 Poema



Com a Fortuna não Perde o Ser de Besta (1)

Na carreira veloz, a deusa cega/ Lança às vezes a mão a um feio mono/ E o sobe, num instante, a um coche, a um trono,/ Onde a Virtude com trabalho chega./ / Porém se, louca, num jumento pega,/ Por ma...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE