19 Poemas



Feliz Dia para Quem É (1)

Feliz dia para quem é/ O igual do dia,/ E no exterior azul que vê/ Simples confia!/ / Azul do céu faz pena a quem/ Não pode ser/ Na alma um azul do céu também/ Com que viver/ / Ah, e se o verde com q...

Se Eu Pudesse Trincar a Terra Toda (2)

Se eu pudesse trincar a terra toda/ E sentir-lhe um paladar,/ Seria mais feliz um momento .../ Mas eu nem sempre quero ser feliz./ É preciso ser de vez em quando infeliz/ Para se poder ser natural......

Feliz Só Será (3)

Feliz só será/ A alma que amar./ / 'Star alegre/ E triste,/ Perder-se a pensar,/ Desejar/ E recear/ Suspensa em penar,/ Saltar de prazer,/ De aflição morrer —/ Feliz só será/ A alma que amar./ / J...

A Minha Felicidade (4)

Depois de estar cansado de procurar/ Aprendi a encontrar./ Depois de um vento me ter feito frente/ Navego com todos os ventos./ / Friedrich Nietzsche, in A Gaia Ciência ...
A Gaia Ciência

Os Meus Pensamentos são Todos Sensações (5)

Sou um guardador de rebanhos./ O rebanho é os meus pensamentos/ E os meus pensamentos são todos sensações./ Penso com os olhos e com os ouvidos/ E com as mãos e os pés/ E com o nariz e a boca./ Pensa...

O Prazer é Silencioso (6)

Ao contrário da ideia assente/ A palavra não é criadora de um mundo;/ O homem fala como o cão ladra/ Para exprimir raiva, ou medo./ / O prazer é silencioso,/ Tal como o é o estado de felicidade./ / <...

Felizes (7)

Felizes. Porque, ao fundo de si mesmos,/ cheios andam de quanto vão pensando./ E, disso cheios,/ nada mais sabem. Dão para aquele lado/ onde o mundo acabou, mas resta o eco/ de o haverem pensado até ...

Encontro (8)

Felicidade, agarrei-te/ Como um cão, pelo cachaço!/ E, contigo, em mar de azeite/ Afoguei-me, passo a passo.../ Dei à minha alma a preguiça/ Que o meu corpo não tivera./ E foi, assim, que, submissa,/...

A Felicidade é um Túnel (9)

o domínio/ o erotismo do domínio/ do domínio irrisório/ mas enorme/ / submeter/ ver tremer/ ver o tremor ...

Cabra-Cega (10)

À volta de incerto fogo/ Brincaram as minhas mãos./ ... E foi a vida o seu jogo!/ / Julguei possuir estrelas/ Só por vê-las./ Ai! Como estrelas andaram/ Misteriosas e distantes/ As almas que me encan...

Aos que a Felicidade é Sol, Virá a Noite (11)

Quero ignorado, e calmo/ Por ignorado, e próprio/ Por calmo, encher meus dias/ De não querer mais deles./ / Aos que a riqueza toca/ O ouro irrita a pele./ Aos que a fama bafeja/ Embacia-se a vida./ /...

Chico (12)

Talvez não fosses forte/ para a felicidade,/ nem para o medo./ / Olha as pessoas felizes:/ ocultam-se na felicidade/ como em casa, erguem/ / muros, fecham as janelas,/ o medo/ é a sua fortaleza./ / O...

As Minhas Rosas (13)

Sim! a minha ventura quer dar felicidade;/ Não é isso que deseja toda a ventura?/ Quereis colher as minhas rosas?/ Baixai-vos então, escondei-vos,/ Entre as rochas e os espinheiros,/ E chupai muitas ...
A Gaia Ciência

Ó Minha Felicidade (14)

Revejo os pombos de São Marcos:/ A praça está silenciosa; ali se repousa a manhã./ Indolentemente envio os meus cantos para o seio da suave/ ...
A Gaia Ciência

Falas de Civilização, e de não Dever Ser (15)

Falas de civilização, e de não dever ser,/ Ou de não dever ser assim./ Dizes que todos sofrem, ou a maioria de todos,/ Com as cousas humanas postas desta maneira./ Dizes que se fossem diferentes, sof...

Pastor do Monte, Tão Longe de Mim (16)

Pastor do monte, tão longe de mim com as tuas ovelhas/ Que felicidade é essa que pareces ter — a tua ou a minha?/ A paz que sinto quando te vejo, pertence-me, ou pertence-te?/ Não, nem a ti nem a mim...

Na Casa Defronte (17)

Na casa defronte de mim e dos meus sonhos, / Que felicidade há sempre! / / Moram ali pessoas que desconheço, que já vi mas não vi. / São felizes, porque não sou eu. / / As crianças, que brincam às sa...

É Bem Feliz (18)

É bem feliz por certo, o que somente/ Ao rústico lavor acostumado/ Conduzir sabe os bois, reger o arado,/ E dar à terra a provida semente./ / A arte de a lavrar sempre inocente/ Estuda só, e ignora a...

Oh Mil Vezes Feliz (19)

Oh mil vezes feliz o que encerrado/ Entre baixas paredes/ O tormentoso Inverno alegre passa;/ Que de um pequeno campo,/ Que ele mesmo cultiva, se alimenta/ Apascentando as vacas,/ Que ...


Facebook

Cada Homem Só se Pode Salvar ou Perder Sozinho

Também eu acredito que a existência precede a essência. Que tudo começa quando o coração pulsa pela primeira vez, e tudo acaba quando ele desiste de lutar. Que todas as paisagens são cenários do noss...

Todos os Corpos São Amáveis

Todos os corpos são feitos de tempo. Um dia, perceberam que nada era tão grande que apagasse as rugas, que nada era tão forte que apagasse os anos. Um dia perceberam que até o amor envelhece. Estavam...