1 Poema



Águas Passadas não Moem Moinhos (1)

Porém passa-me por alto,/ e tanto por alto, que/ mais meu olho não a vê/ depois que lhe dais assalto:/ eu então de passas falto/ fico morfuz e mofino;/ vós moendo-a de contino,/ eu sem moer dela nada...


Facebook

© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE