3 Poemas



Pecado Original (1)

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? / Será essa, se alguém a escrever, / A verdadeira história da humanidade. / / O que há é só o mundo verdadeiro, não é nós, só o mundo; / O que n...

Em Memória de Angélica (2)

Quantas vidas possíveis já descansam/ Nesta bem pobre e diminuta morte,/ Quantas vidas possíveis que outra sorte/ Daria ao esquecimento ou à lembrança!/ Quando eu morrer, morrerá um passado;/ Com est...

Gazetilha (3)

Dos LLOYD GEORGES da Babilônia / Não reza a história nada. / Dos Briands da Assíria ou do Egito, / Dos Trotskys de qualquer colônia / Grega ou romana já passada, / O nome é morto, inda que escrito. /...


Facebook

A Decadência do Coração nos Tempos Modernos

Nestes ruins tempos de material e nauseante industrialismo, a fase do coração é curta, o amor vem temporão, e como que apodrece antes de sazonado. De toda a parte, aos ouvidos do mancebo vem a soada ...

O Mais Fundo de Nós Mesmos

A uma certa altura do auto-conhecimento, quando estão presentes outras circunstâncias que favorecem a auto-segurança, invariavelmente e sem outra hipótese sentimo-nos execráveis. Todas as medidas do ...
© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE