34 Poemas

>>

O Novo Homem (1)

O homem será feito/ em laboratório./ Será tão perfeito como no antigório./ Rirá como gente,/ beberá cerveja/ deliciadamente./ Caçará narceja/ e bicho do mato./ Jogará no bicho,/ tirará retrato/ com o...

Nona Sinfonia (2)

É por dentro de um homem que se ouve/ o tom mais alto que tiver a vida/ a glória de cantar que tudo move/ a força de viver enraivecida./ / Num palácio de sons erguem-se as traves/ que seguram o tecto...

Fala do Homem Nascido (3)

(Chega à boca da cena, e diz:)/ / Venho da terra assombrada,/ do ventre de minha mãe;/ não pretendo roubar nada/ nem fazer mal a ninguém./ / Só quero o que me é devido/ por me trazerem aqui,/ que eu ...

Não és Bom, nem és Mau (4)

Não és bom, nem és mau: és triste e humano.../ Vives ansiando, em maldições e preces,/ Como se a arder no coração tivesses/ O tumulto e o clamor de um largo oceano./ Pobre, no bem como no mal padeces...

Sugestão (5)

Sede assim — qualquer coisa/ serena, isenta, fiel./ / Flor que se cumpre,/ sem pergunta./ / Onda que se esforça,/ por exercício desinteressado./ / Lua que envolve igualmente/ os noivos abraçados/ e o...

Balada para um Homem na Multidão (6)

Este homem que entre a multidão/ enternece por vezes destacar/ é sempre o mesmo aqui ou no japão/ a diferença é ele ignorar./ / Muitos mortos foram necessários/ para formar seus dentes um cabelo/ vai...

Grandeza do Homem (7)

Somos a grande ilha do silêncio de deus/ Chovam as estações soprem os ventos/ jamais hão-de passar das margens/ Caia mesmo uma bota cardada/ no grande reduto de deus e não conseguirá/ desvanecer a pr...

O Macho (8)

O macho não é menos a alma,/ nem é mais:/ ele também está no seu lugar,/ ele também é todo qualidades,/ é acção e força,/ nele se encontra/ o fluxo do universo conhecido,/ fica-lhe bem o desdé...

A Grande Inteligência é Sobreviver (9)

A grande Inteligência é sobreviver./ As tartarugas portanto não são teimosas nem lentas, dominam;/ SIM, a ciência. / Toda a tecnologia é quase inútil e estúpida,/ porque a artesanal tartaruga,/ a esp...

Ecce Homo (10)

Sim, sei de onde venho!/ Insatisfeito com a labareda/ Ardo para me consumir./ Aquilo em que toco torna-se luz,/ Carvão aquilo que abandono:/ Sou certamente labareda./ / Friedrich Nietzsche, in A ...
A Gaia Ciência
>>

Facebook

Inspirações

Sempre Bem Disposto

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE