16 Poemas



Os Justos (1)

Um homem que cultiva o seu jardim, como queria Voltaire./ O que agradece que na terra haja música./ O que descobre com prazer uma etimologia./ Dois empregados que num café do Sul jogam um silencioso ...

Falaram-me os Homens em Humanidade (2)

Falaram-me os homens em humanidade,/ Mas eu nunca vi homens nem vi humanidade./ Vi vários homens assombrosamente diferentes entre si./ Cada um separado do outro por um espaço sem homens./ / Albert...

Vida (3)

Sempre a indesencorajada alma do homem/ resoluta indo à luta./ (Os contingentes anteriores falharam?/ Pois mandaremos novos contingentes/ e outros mais novos.)/ Sempre o cerrado mistério/ de todas as...

As Causas (4)

Todas as gerações e os poentes./ Os dias e nenhum foi o primeiro./ A frescura da água na garganta/ De Adão. O ordenado Paraíso./ O olho decifrando a maior treva./ O amor dos lobos ao raiar da alba./ ...

Divina Comédia (5)

Erguendo os braços para o céu distante/ E apostrofando os deuses invisíveis,/ Os homens clamam: — «Deuses impassíveis,/ A quem serve o destino triunfante,/ / Porque é que nos criastes?! Incessante/ C...

Uma Imagem Divina (6)

A Crueldade tem Humano Coração,/ E tem a Intolerância Humano Rosto;/ O Terror a Divina Humana Forma,/ O Secretismo Humano Traje posto./ / O Humano Traje é Ferro forjado,/ A Humana Forma, Forja incend...

Façam por não Verem Mais (7)

MOTE/ / Vós, ó mães idolatradas,/ Façam por não verem mais/ Crianças abandonadas,/ Tísicas — nos hospitais./ / GLOSAS/ / Sim, vós, ó mães carinhosas,/ Criai as vossas filhinhas,/ Educai-as de crianci...

Branco e Vermelho (8)

A dor, forte e imprevista,/ Ferindo-me, imprevista,/ De branca e de imprevista/ Foi um deslumbramento,/ Que me endoidou a vista,/ Fez-me perder a vista,/ Fez-me fugir a vista,/ Num doce esvaimento./ ...

Solidão (9)

Que venham todos os pobres da Terra/ os ofendidos e humilhados/ os torturados/ os loucos:/ meu abraço é cada vez mais largo/ envolve-os a todos!/ / Ó minha vontade, ó meu desejo/ — os pobres e os hum...

A Humana Súmula (10)

A Piedade deixaria de existir/ Se não fizéssemos nós os Pobres de pedir;/ E a Compaixão também acabaria/ Se a todos, como nós, feliz chegasse o dia./ / E a paz se alcança com mútuo terror,/ Até cresc...

Pecado Original (11)

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido? / Será essa, se alguém a escrever, / A verdadeira história da humanidade. / / O que há é só o mundo verdadeiro, não é nós, só o mundo; / O que n...

Cântico de Humanidade (12)

Hinos aos deuses, não./ Os homens é que merecem/ Que se lhes cante a virtude./ Bichos que lavram no chão,/ Actuam como parecem,/ Sem um disfarce que os mude./ / Apenas se os deuses querem/ Ser homens...

Vírgula (13)

Eu menino às onze horas e trinta minutos/ a procurar o dia em que não te fale/ feito de resistências e ameaças — Este mundo/ compreende tanto no meio em que vive/ tanto no que devemos pensar./ / A ex...

Os Amigos Infelizes (14)

Andamos nus, apenas revestidos/ Da música inocente dos sentidos./ / Como nuvens ou pássaros passamos/ Entre o arvoredo, sem tocar nos ramos./ / No entanto, em nós, o canto é quase mudo./ Nada pedimos...

Fraternidade (15)

Razão não tenho para os homens amar/ Nem eles uma para amar-me têm;/ À sua vileza cego não sei estar/ E toda a vileza também eles vêem./ / Ódio em palavras, por saciar,/ Sabendo já que por todos seri...

Desafogo (16)

Onde estás, oh Filósofo indefesso/ Pio sequaz da rígida Virtude,/ Tão terna a alheios, quanto a si severa?/ Com que mágoa, com que ira olharas hoje/ Desprezada dos homens, e esquecida/ Aquela ânsia, ...


Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE