12 Poemas



Cansaço (1)

O que há em mim é sobretudo cansaço — / Não disto nem daquilo, / Nem sequer de tudo ou de nada: / Cansaço assim mesmo, ele mesmo, / Cansaço. / / A subtileza das sensações inúteis, / As paixões violen...

Querem uma Luz Melhor que a do Sol! (2)

AH! QUEREM uma luz melhor que/ a do Sol!/ Querem prados mais verdes do que estes!/ Querem flores mais belas do que estas/ que vejo!/ A mim este Sol, estes prados, estas flores contentam-me./ Mas, se ...

Ideal (3)

Aquela, que eu adoro, não é feita/ De lírios nem de rosas purpurinas,/ Não tem as formas languidas, divinas/ Da antiga Vénus de cintura estreita.../ / Não é a Circe, cuja mão suspeita/ Compõe filtros...

Prince Charmant (4)

No lânguido esmaecer das amorosas/ Tardes que morrem voluptuosamente/ Procurei-O no meio de toda a gente./ Procurei-O em horas silenciosas/ / Das noites da minh'alma tenebrosas!/ Boca sangrando beijo...
Livro de Sóror Saudade

Elevação (5)

Por cima dos paúes, das montanhas agrestes,/ Dos rudes alcantis, das nuvens e do mar,/ Muito acima do sol, muito acima do ar,/ Para além do confim dos páramos celestes,/ / Paira o espírito meu com to...

O Ideal (6)

Nunca poderá ser pálida bonequinha,/ Produto sem frescor qual manequim de molas,/ Pés para borzeguins, dedos p'ra castanholas,/ Que há-de satisfazer almas como esta minha./ / Eu deixo a Gavarni, poet...

Fantasia (7)

Há uma mulher em toda a minha vida,/ Que não se chega bem a precisar./ Uma mulher que eu trago em mim perdida,/ Sem a poder beijar./ / Há uma mulher na minha vida inquieta./ Uma mulher? Há duas, muit...

Diferente (8)

Buscando o vão Ideal que me seduz,/ Sem que o atinja me disperso e gasto,/ E ansiosamente aos braços duma cruz/ Ergo o perfil de iluminado e casto./ / Já tristemente desdenhoso afasto/ O manto de bur...

Vae para um Convento! (9)

Falhei na Vida. Zut! Ideaes caidos!/ Torres por terra! As arvores sem ramos!/ Ó meus amigos! todos nós falhamos.../ Nada nos resta. Somos uns perdidos./ / Choremos, abracemo-nos, unidos!/ Que fazer? ...

A Lanterna (10)

O sabio antigo andou pelas ruas d'Athenas,/ Com a lanterna accesa, errante, à luz do dia,/ Buscando o varão forte e justo da Utopia,/ Privado de paixões e d'emoções terrenas./ / Eu tambem que aborreç...

Interrogação (11)

Onde é que está essa mulher fadada,/ Que o meu sonho criou num desvario,/ Acaso existe, acaso foi criada,/ Ou vive apenas porque eu a crio?/ / Onde é que vive essa mulher sonhada,/ Da minha mesa o vi...

Tormanto do Ideal (12)

Conheci a Beleza que não morre/ E fiquei triste. Como quem da serra/ Mais alta que haja, olhando aos pés a terra/ E o mar, vê tudo, a maior nau ou torre,/ / Minguar, fundir-se, sob a luz que jorre:/ ...


Pesquisa

Facebook

A Sopa Azeda

A dita sopa azeda não se parecia com nada do que tivesse provado até àquele momento. Num ápice, desfilaram vários sabores vindos como que do próprio interior do tempo. E, quando ele se pôs a percorrê...

A Mente Precisa de Ser Desafiada Todos os Dias

A mente, muito mais do que o corpo, precisa de ser desafiada todos os dias. Se possível com treinos bi ou tridiários. Sair da cama sem identificar a razão pela qual acordamos maldispostos, passar hor...