9 Poemas



Livro do Amor (1)

O mais singular livro dos livros/ É o Livro do Amor;/ Li-o com toda a atenção:/ Poucas folhas de alegrias,/ De dores cadernos inteiros./ Apartamento faz uma secção./ Reencontro! um breve capítulo,/ F...

Este é o Prólogo (2)

Deixaria neste livro/ toda minha alma./ Este livro que viu/ as paisagens comigo/ e viveu horas santas./ / Que compaixão dos livros/ que nos enchem as mãos/ de rosas e de estrelas/ e lentamente passam...

 (3)

Nas estantes os livros ficam/ (até se dispersarem ou desfazerem)/ enquanto tudo/ passa. O pó acumula-se/ e depois de limpo/ torna a acumular-se/ no cimo das lombadas./ Quando a cidade está suja/ (obr...

Os Meus Livros (4)

Os meus livros (que não sabem que existo)/ São uma parte de mim, como este rosto/ De têmporas e olhos já cinzentos/ Que em vão vou procurando nos espelhos/ E que percorro com a minha mão côncava./ Nã...

A um Livro (5)

No silêncio de cinzas do meu Ser/ Agita-se uma sombra de cipreste,/ Sombra roubada ao livro que ando a ler,/ A esse livro de mágoas que me deste./ / Estranho livro aquele que escreveste,/ Artista da ...
Livro de Mágoas

O Livro Fechado (6)

Quebrada a vara, fechei o livro/ e não será por incúria ou descuido/ que algumas páginas se reabram/ e os mesmos fantasmas me visitem./ Fechei o livro, Senhor, fechei-o,/ / mas os mortos e a sua memó...

Há Mais de Meia Hora (7)

Há mais de meia hora / Que estou sentado à secretária / Com o único intuito / De olhar para ela. / (Estes versos estão fora do meu ritmo. / Eu também estou fora do meu ritmo.) / Tinteiro grande à fre...

O Esplendor (8)

E o esplendor dos mapas, caminho abstracto para a imaginação concreta, / Letras e riscos irregulares abrindo para a maravilha. / / O que de sonho jaz nas encadernações vetustas, / Nas assinaturas com...

Livro, se Luz Desejas (9)

Livro, se luz desejas, mal te enganas./ Quanto melhor será dentro em teu muro/ Quieto, e humilde estar, inda que escuro,/ Onde ninguém t'impece, a ninguém danas!/ / Sujeitas sempre ao tempo obras hum...


Facebook

Fomos Vítimas de uma Ilusão

Não creio que tenhamos falhado. Fomos vítimas de uma ilusão que não foi só nossa, a de que Portugal fosse capaz de arrancar-se à «tristeza vil e apagada» em que mais ou menos sempre tem vivido. Imagi...

Não se Pode Viver Assim!

Temos na natureza muitas coisas contra as quais lutar, mas há um inimigo pior que todos os furacões e terramotos, o próprio ser humano. A natureza com todos os seus vulcões, terramotos, furacões e in...
© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE
Loading...