71 Poemas

>>

Para Sempre (1)

Por que Deus permite/ que as mães vão-se embora?/ Mãe não tem limite,/ é tempo sem hora,/ luz que não apaga/ quando sopra o vento/ e chuva desaba,/ veludo escondido/ na pele enrugada,/ água pura, ar ...

Poema à Mãe (2)

No mais fundo de ti,/ eu sei que traí, mãe/ / Tudo porque já não sou/ o retrato adormecido/ no fundo dos teus olhos./ / Tudo porque tu ignoras/ que há leitos onde o frio não se demora/ e noites rumor...

Mãe (3)

Mãe:/ Que desgraça na vida aconteceu,/ Que ficaste insensível e gelada?/ Que todo o teu perfil se endureceu/ Numa linha severa e desenhada?/ / Como as estátuas, que são gente nossa/ Cansada de palavr...

Palavras para a Minha Mãe (4)

mãe, tenho pena. esperei sempre que entendesses/ as palavras que nunca disse e os gestos que nunca fiz./ sei hoje que apenas esperei, mãe, e esperar não é suficiente./ / pelas palavras que nunca diss...

De Joelhos (5)

“Bendita seja a Mãe que te gerou.”/ Bendito o leite que te fez crescer/ Bendito o berço aonde te embalou/ A tua ama, pra te adormecer!/ / Bendita essa canção que acalentou/ Da tua vida o doce alvorec...
Livro de Mágoas

Mãe (6)

Conheço a tua força, mãe, e a tua fragilidade./ Uma e outra têm a tua coragem, o teu alento vital./ Estou contigo mãe, no teu sonho permanente na tua esperança incerta/ Estou contigo na tua simplicid...

Minha Mãe que não Tenho (7)

Minha mãe que não tenho meu lençol/ de linho de carinho de distância/ água memória viva do retrato/ que às vezes mata a sede da infância./ / Ai água que não bebo em vez do fel/ que a pouc...

Pequeno Poema (8)

Quando eu nasci,/ ficou tudo como estava./ / Nem homens cortaram veias,/ nem o Sol escureceu,/ nem houve estrelas a mais.../ Somente,/ esquecida das dores,/ a minha Mãe sorriu e agradeceu./ / Quando ...

A Bicicleta pela Lua Dentro - Mãe, Mãe (9)

A bicicleta pela lua dentro - mãe, mãe -/ ouvi dizer toda a neve./ As árvores crescem nos satélites./ Que hei-de fazer senão sonhar/ ao contrário quando novembro empunha -/ mãe, mãe - as tellhas dos ...

Quando Eu For Pequeno (10)

Quando eu for pequeno, mãe,/ quero ouvir de novo a tua voz/ na campânula de som dos meus dias/ inquietos, apressados, fustigados pelo medo./ Subirás comigo as ruas íngremes/ com a certeza dócil de qu...

lâmpada votiva (11)

1. teve longa agonia a minha mãe/ / teve longa agonia a minha mãe:/ seu ser tornou-se um puro sofrimento/ e a sua voz apenas um lamento/ sombrio e lancinante, mas ninguém/ / podia fazer nada, ...

O Menino de Sua Mãe (12)

No plano abandonado/ Que a morna brisa aquece,/ De balas trespassado/ — Duas, de lado a lado —,/ Jaz morto e arrefece./ / Raia-lhe a farda o sangue./ De braços estendidos,/ Alvo, louro, exangue,/ Fit...

Canção para a Minha Mãe (13)

E sem um gesto, sem um não, partias!/ Assim a luz eterna se extinguia!/ Sem um adeus, sequer, te despedias,/ Atraiçoando a fé que nos unia!/ / Terra lavrada e quente,/ Regaço de um poeta criador,/ Ia...

Mãezinha (14)

Andam em mim fantasmas, sombras, ais.../ Coisas que eu sinto em mim, que eu sinto agora;/ Névoas de dantes, dum longínquo outrora;/ Castelos d'oiro em mundos irreais.../ / Gotas d'água tombando... Ro...

Tenho Saudades do Calor ó Mãe (15)

Tenho saudades do calor ó mãe que me penteias/ Ó mãe que me cortas o cabelo — o meu cabelo/ Adorna-te muito mais do que os anéis/ / Dá-me um pouco do teu corpo como herança/ Uma porção do teu corpo g...

É Noite, Mãe (16)

As folhas já começam a cobrir/ o bosque, mãe, do teu outono puro.../ São tantas as palavras deste amor/ que presas os meus lábios retiveram/ pra colocar na tua face, mãe!.../ / Continuamente o bosque...

Vem Ver a Minha Mãe (17)

Está junto das coisas que bordaram/ com ela os dias que supôs mais belos/ e são a fonte de onde lhe começa/ o branco tempo dos cabelos./ / Mal pousa a vida nos seus dedos gastos/ do sonho que pousou ...

Mãe (18)

I/ / Dantes, quando a deixava,/ As férias já no fim,/ Ela vinha à janela/ Despedir-se de mim./ / Depois, quando na estrada,/ Olhava para trás,/ Deitava-me ainda a benção/ Para que eu fosse em paz./ /...

À Virgem Santíssima (19)

Cheia de Graça, Mãe de Misericórdia/ / N'um sonho todo feito de incerteza,/ De nocturna e indizível ansiedade,/ É que eu vi teu olhar de piedade/ E (mais que piedade) de tristeza.../ / Não era...

Mãezinha (20)

A terra de meu pai era pequena/ e os transportes difíceis./ Não havia comboios, nem automóveis, nem aviões, nem mísseis./ Corria branda a noite e a vida era serena./ / Segundo informação, concreta e ...
>>

Pesquisa

A Arte e a Vida

Todos nós sabemos, quando fazemos algo, o quanto deixámos de fora, o quão grandemente falhámos, e carregamos dentro de nós uma imagem da coisa perfeita que falhou na materialização, e isso nós encara...

As Nuvens

Hei-de aprender um ofício de que goste, há tão poucos, talvez carpinteiro, ou pedreiro. Construiria uma casa neste chão de areia com pedras húmidas, lisas ou cheias de limos, frias, são tão bonitas, ...
Inspirações

A Simples Harmonia

Facebook