1 Poema



No Penedo da Meditação (1)

Aprende-se até morrer.../ Mas eu fui mais refractário:/ Morrerei sem aprender,/ Vida, o teu abecedário!/ / Nem a Dor, nem o Prazer,/ No seu vaivém arbitrário,/ Souberam dar ao meu ser/ As regras do s...


Pesquisa