1 Poema



Miseria Occulta (1)

Bate nos vidros a aurora,/ Vem depois a noute escura;/ E o pobre astro que ali móra,/ Não abandona a costura!/ / Para uns a vida é d'abrolhos!/ Para outros mouta de lyrios!/ Bem o revelam seus olhos,...


Facebook

Viver Já

Cada um de nós tem a possibilidade de desfrutar da vida com um espírito são. No dia a dia, deixamo-nos afectar com demasiada facilidade por tudo o que nos acontece de menos bom, pelo ambiente que nos...

Uma Obediência Passiva

O homem, bobo da sua aspiração, sombra chinesa da sua ânsia inútil, segue, revoltado e ignóbil, servo das mesmas leis químicas, no rodar imperturbável da Terra, implacavelmente em torno a um astro am...
Inspirações

Basta uma Palavra

© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE