Nascimento

4 Poemas



Intervalo (1)

Quando nasci, entre rendas e afagos egoístas,/ os rouxinóis, pela noite, namoravam a Primavera... / / Os sinos ficaram tolhidos e tristes/ Como se os meus gritos lhes pesassem na alma./ / Minha Mãe, ...

Eternidade (2)

Vens a mim/ pequeno como um deus,/ frágil como a terra,/ morto como o amor,/ falso como a luz,/ e eu recebo-te/ para a invenção da minha grandeza,/ para rodeio da minha esperança/ e pálpebras de astr...

Natal cada Natal (3)

Quando na mais sublime dor,/ A mulher dá à luz,/ Há sempre um Anjo Anunciador/ A murmurar-lhe ao coração — Jesus!/ / Cada criança é o Céu que vem/ Pra nos remir do pecado/ E as palhas d’oiro de Belém...

Autobiografia de um Só Dia (4)

A Maria Dulce e Luiz Tavares/ / No Engenho Poço não nasci:/ minha mãe, na véspera de mim,/ / veio de lá para a Jaqueira,/ que era onde, queiram ou não queiram,/ / os netos tinham de nascer,/ n...


Facebook

Fábula

Estavam ali diante dos meus olhos: era terrível e ao mesmo tempo fascinante. Ao princípio pensei que ele a estava a matar, logo a seguir percebi que não, que talvez ambos estivessem a morrer, só dep...

Abandonar a Zona de Conforto

Ninguém adquire confiança na rotina. É impossível. É mais do mesmo, todos os dias para o resto das suas vidas. É uma espécie de piloto automático programado para embater, a qualquer momento, na monta...
© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE