18 Poemas

<<

Em um Retrato (11)

De sob o cômoro quadrangular/ Da terra fresca que me há de inumar,/ E depois de já muito ter chovido,/ Quando a erva alastrar com o olvido,/ Ainda, amigo, o mesmo meu olhar/ Há de ir humilde, atraves...

Quando Voltei Encontrei os Meus Passos (12)

Quando voltei encontrei os meus passos/ Ainda frescos sobre a úmida areia./ A fugitiva hora, reevoquei-a,/ _ Tão rediviva! nos meus olhos baços.../ Olhos turvos de lágrimas contidas./ _ Mesquinhos pa...

A Lembrança (13)

1/ / Não te afastes, lembrança, não te afastes!/ Rosto, não te desfaças, assim,/ como na morte!/ Continuai a olhar-me, olhos enormes, fixos,/ como um instante me olhastes!/ Lábios, sorri-me,/ como me...

Tarda o que Espera (14)

Não quero as oferendas/ Com que fingis, sinceros,/ Dar-me os dons que me dais./ Dais-me o que perderei,/ Chorando-o, duas vezes,/ Por vosso e meu, perdido./ / Antes mo prometais/ Sem mo dardes, que a...

Nevermore (15)

Ah, lembrança, lembrança, que me queres? O Outono/ Fazia voar os tordos plo ar desmaiado/ / E o sol dardejava um monótono raio/ No bosque amarelado onde a nortada ecoa./ / A sonhar caminhávamos os do...

Mortos, Ainda Morremos (16)

O rastro breve que das ervas moles/ Ergue o pé findo, o eco que oco coa,/ A sombra que se adumbra,/ O branco que a nau larga —/ / Nem maior nem melhor deixa a alma às almas,/ O id...

Não Trago Recordações (17)

Não trago recordações./ Escolheria as que não interessam a ninguém./ Como se erguesse contra mim o tiro de uma arma/ ou acabasse de ler as disposições da comuna/ sobre as mulheres./ Precisamos um do ...

Aparição (18)

Um dia, meu amor (e talvez cedo,/ Que já sinto estalar-me o coração!)/ Recordarás com dor e compaixão/ As ternas juras que te fiz a medo.../ / Então, da casta alcova no segredo,/ Da lamparina ao trém...
<<

Facebook

Inspirações

As Nossas Portas

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE