2 Poemas



Simplicidade (1)

Queria, queria/ Ter a singeleza/ Das vidas sem alma/ E a lúcida calma/ Da matéria presa./ / Queria, queria/ Ser igual ao peixe/ Que livre nas águas/ Se mexe;/ / Ser igual em som,/ Ser igual em graça/...

Poema Agreste (2)

Não sei por que buscas palavras longas/ para as coisas breves que nos assombram./ / Não sei por que teces teias enormes/ para as incertezas que nos envolvem./ / Não sei por que insistes. Não sei porq...


Pesquisa

Carta de Amor

Eu sabia que seria apenas depois de te teres ido embora que iria perceber a completa extensão da minha felicidade e, alas! o grau da minha perda também. Ainda não a consegui ultrapassar, e se não tiv...

Quantas Vezes a Insónia é um Dom

Mas quantas vezes a insónia é um dom. De repente acordar no meio da noite e ter essa coisa rara: solidão. Quase nenhum ruído. Só o das ondas do mar batendo na praia. E tomo café com gosto, toda sozin...
Facebook