37 Poemas

>>

Dies Irae (1)

Apetece cantar, mas ninguém canta. / Apetece chorar, mas ninguém chora./ Um fantasma levanta/ A mão do medo sobre a nossa hora./ / Apetece gritar, mas ninguém grita./ Apetece fugir, mas ninguém foge....

Balada dos Cãotribuintes (2)

Somos nós os desventurados/ Os pobres contribuintes/ Obrigados a sofrer até ao fim dos tempos/ A sorte a que imper/ A que impertubáveis/ Nos condenam os nossos governos/ Todos os nossos governos/ / S...

As Pessoas Sensíveis (3)

As pessoas sensíveis não são capazes/ De matar galinhas/ Porém são capazes/ De comer galinhas/ / O dinheiro cheira a pobre e cheira/ À roupa do seu corpo/ Aquela roupa/ Que depois da chuva secou sobr...

A Torpe Sociedade onde Nasci (4)

I/ / Ao ver um garotito esfarrapado/ Brincando numa rua da cidade,/ Senti a nostalgia do passado,/ Pensando que já fui daquela idade./ / II/ / Que feliz eu era então e que alegria.../ Que loucura a b...

Sociedade (5)

O homem disse para o amigo:/ — Breve irei a tua casa/ e levarei minha mulher./ / O amigo enfeitou a casa/ e quando o homem chegou com a mulher,/ soltou uma dúzia de foguetes./ / O homem comeu e bebeu...

Pastelaria (6)

Afinal o que importa não é a literatura/ nem a crítica de arte nem a câmara escura/ / Afinal o que importa não é bem o negócio/ nem o ter dinheiro ao lado de ter horas de ócio/ / Afinal o que importa...

Marketing (7)

Aqui a meu lado o bom cidadão/ escolheu Sagres/ que é tudo tudo cerveja/ a pausa que refresca/ a longa pausa de um longo cigarro King Size./ atenção ao marketi...

Aviso à Navegação (8)

Alto lá!/ Aviso à navegação!/ Eu não morri:/ Estou aqui/ na ilha sem nome,/ sem latitude nem longitude,/ perdida nos mapas,/ perdida no mar Tenebroso!/ / Sim, eu,/ o perigo para a navegação!/ o dos s...

Noite de S. João (9)

Noite de S. João para além do muro do meu quintal./ Do lado de cá, eu sem noite de S. João./ Porque há S. João onde o festejam./ Para mim há uma sombra de luz de fogueiras na noite,/ Um ruído de garg...

O Pregador de Verdades (10)

Ontem o pregador de verdades dele/ Falou outra vez comigo./ Falou do sofrimento das classes que trabalham/ (Não do das pessoas que sofrem, que é afinal quem sofre)./ Falou da injustiça de uns terem d...
>>

Facebook

Inspirações

Iluminar a Vida

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE