8 Poemas



Sem Remédio (1)

Aqueles que me têm muito amor/ Não sabem o que sinto e o que sou .../ Não sabem que passou, um dia, a Dor/ À minha porta e, nesse dia, entrou./ / E é desde então que eu sinto este pavor,/ Este frio q...
Livro de Mágoas

Tédio (2)

Tenho as recordações d'um velho milenário!/ / Um grande contador, um prodigioso armário,/ Cheiinho, a abarrotar, de cartas memoriais,/ Bilhetinhos de amor, recibos, madrigais,/ Mais segredos não tem ...

Além-Tédio (3)

Nada me expira já, nada me vive -/ Nem a tristeza nem as horas belas./ De as não ter e de nunca vir a tê-las,/ Fartam-me até as coisas que não tive./ / Como eu quisera, emfim de alma esquecida,/ Dorm...

Tédio (4)

Ir levando no caminho os amores perdidos/ e os sonhos idos/ e os fatais sinais do olvido./ / Ir seguindo na dúvida das horas apagadas,/ pensando que todas as coisas se tornaram amargas/ para alongarm...

Tédio (5)

Passo pálida e triste. Oiço dizer:/ “Que branca que ela é! Parece morta!”/ e eu que vou sonhando, vaga, absorta,/ não tenho um gesto, ou um olhar sequer .../ / Que diga o mundo e a gente o que quiser...
Livro de Mágoas

Tédio (6)

Sobre minh'alma, como sobre um trono,/ Senhor brutal, pesa o aborrecimento./ Como tardas em vir, último outono,/ Lançar-me as folhas últimas ao vento!/ / Oh! dormir no silêncio e no abandono,/ Só, se...

Como uma Voz de Fonte que Cessasse (7)

Como uma voz de fonte que cessasse/ (E uns para os outros nossos vãos olhares/ Se admiraram), p’ra além dos meus palmares/ De sonho, a voz que do meu tédio nasce/ / Parou... Apareceu já sem disfarce/...

Tédio (8)

Ando às vezes boçal e sinto-me incapaz/ De encontrar uma rima ou produzir um verso;/ Fazendo de mim mesmo a ideia de um perverso/ Capaz de apunhalar à luz do gás./ / Incomoda-me a Cor, o sangue do Po...


Facebook

Para a Minha Mulher

Desde que a Maria João casou (oficialmente) comigo há treze anos, damos por nós a casarmo-nos um com o outro, voluntária ou involuntariamente, várias vezes por dia. Vou contar só uma. Esta semana, q...

A Vida é uma Montanha Russa

A vida não é uma linha reta em que alguém conquistado ou algo adquirido é uma segurança para todo o sempre; a vida é uma montanha russa e, de vez em quando, sim, é preciso ficares de pernas para o ar...
© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE
Loading...