49 Poemas

<< >>

Tempo (11)

Tempo — definição da angústia./ Pudesse ao menos eu agrilhoar-te/ Ao coração pulsátil dum poema!/ Era o devir eterno em harmonia./ Mas foges das vogais, como a frescura/ Da tinta com que escrevo./ Fi...

elegia (12)

já nada é o que era/ e provavelmente nunca mais o será/ e mesmo que o fosse/ algo me diz que já não seria o que era/ porque o que era/ era o que era por ser o que era/ do que eu me lembro muito bem/ ...

Cada Coisa a seu Tempo Tem seu Tempo (13)

Cada coisa a seu tempo tem seu tempo./ Não florescem no inverno os arvoredos,/ Nem pela primavera/ Têm branco frio os campos./ / À noite, que entra, não pertence, Lídia,/ O mesmo ardor que o dia nos ...

Dia (14)

De que céu caído,/ oh insólito,/ imóvel solitário na onda do tempo?/ És a duração,/ o tempo que amadurece/ num instante enorme, diáfano:/ flecha no ar,/ branco embelezado/ e espaço já sem memória de ...

Qualquer Tempo (15)

Qualquer tempo é tempo./ A hora mesma da morte/ é hora de nascer./ / Nenhum tempo é tempo/ bastante para a ciência/ de ver, rever./ / Tempo, contratempo/ anulam-se, mas o sonho/ resta, de viver./ / <...

Poeminha sobre o Tempo (16)

O despertador desperta,/ acorda com sono e medo;/ por que a noite é tão curta/ e fica tarde tão cedo?/ / Millôr Fernandes, in Pif-Paf ...

Data (17)

{à maneira de Eustache Deschamps)/ / Tempo de solidão e de incerteza/ Tempo de medo e tempo de traição/ Tempo de injustiça e de vileza/ Tempo de negação/ / Tempo de covardia e tempo de ira/ Tempo de ...

Realidade (18)

Sim, passava aqui frequentemente há vinte anos... / Nada está mudado — ou, pelo menos, não dou por isto — / Nesta localidade da cidade... / / Há vinte anos!... / O que eu era então! Ora, era outro......

São Plácidas Todas as Horas que Nós Perdemos (19)

Mestre, são plácidas/ Todas as horas/ Que nós perdemos,/ Se no perdê-las,/ Qual numa jarra,/ Nós pomos flores./ / Não há tristezas/ Nem alegrias/ Na nossa vida./ Assim saibamos,/ Sábios incautos,/ Nã...

Duração (20)

O tempo era bom? Não era/ O tempo é, para sempre./ A hera da antiga era/ roreja incansavelmente./ / Aconteceu há mil anos?/ Continua acontecendo./ Nos mais desbotados panos,/ estou me lendo e relendo...
<< >>

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE