4 Poemas



Violada (1)

Possuíram-te nas ervas,/ Deitada ao comprido/ Ou lívida a pé:/ Do estupro conservas/ O sangue e o gemido/ Na morte da fé./ / Chegaste a cavalo/ Trémula de espanto:/ Esperavas levá-lo/ Com modos de am...

A Força Exacta é Violência (2)

a Força Exacta é violência./ a Força em espirro, ao acaso, não é violência, é existência./ O mal é Fixar a Força (direccioná-la) porque a natureza espon-/ tânea não o FAZ./ Natural é ser FORTE, isto ...

Em Plena Vida e Violência (3)

Em plena vida e violência/ De desejo e ambição,/ De repente uma sonolência/ Cai sobre a minha ausência./ Desce ao meu próprio coração./ / Será que a mente, já desperta/ Da noção falsa de viver,/ Vê q...

Da Violência (4)

A violência que trazemos no sangue/ ninguém a sabe e todos (casas/ desmoronadas) a exaltam e todos/ a descombinamos/ gota a gota/ em nossos movimentos de cinza/ transitória — esta violência/ residual...


Pesquisa

Facebook

Como Nasce o Amor?

Nem eu nem vós sabemos como nasce o amor. Em fisiologia, que é a ciência do homem físico, não se sabe. A psicologia também não diz nada a este respeito. Os romances, que são os mais amplos expositore...

Uma Vida Calma e Tranquila

A primeira pergunta que Diógenes fez a Alexandre é a primeira pergunta que qualquer pessoa inteligente deve fazer a si própria. Diógenes não desperdiçou um único momento. - Alexandre, estás a tentar...
Inspirações

Fazer com Alegria