3 Poemas



Depois da Luta e Depois da Conquista (1)

Depois da luta e depois da conquista/ Fiquei só! Fora um ato antipático!/ Deserta a Ilha, e no lençol aquático/ Tudo verde, verde, a perder de vista./ Porque vos fostes, minhas caravelas,/ Carregadas...

Aos Vencedores (2)

Visto que tudo passa e as épicas memorias/ Dos fortes, dos heroes, se vão cada vez mais,/ Que tudo é luto e pó! ó vós que triumphaes/ Não turbeis a razão nos vinhos das vãas glorias!/ / Não ergais al...

O Vencedor Vencido (3)

Não é fácil amar o que venceu,/ o que leva alguns passos de avançada,/ que o amor só se oferece ao que perdeu,/ muito embora com culpa declarada./ Todavia, o que vence multiplica/ sobre si as angústi...


Pesquisa

Facebook

Só no Ato do Amor se Capta a Incógnita do Instante

Quero capturar o presente que pela sua própria natureza me é interdito: o presente me foge, a atualidade me escapa, a atualidade sou eu sempre no já. Só no ato do amor — pela límpida abstração de est...

Eu Acredito na História

Eu acredito na História. Por isso, espero que ela escarre um dia sobre esta época, agoniada de nojo. Será tarde, evidentemente, para que os tartufos de agora sintam o cilindro da justiça a brunir-lhe...
Inspirações

Atreve-te