Versos terminados em "nto"

857 Versos

>>

"Por cuja escuridão suspiro há tanto"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Calada testemunha do meu pranto"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Dá-lhes pio agasalho no teu manto"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Ouve-os, como costumas, ouve, enquanto"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"(Digo, de moças mil) num só momento"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Eis Bocage, em quem luz algum talento"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Num dia em que se achou mais pachorrento"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Meu estro vai parar desfeito em vento"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Eu aos Céus ultrajei! O meu tormento"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Musa!... Tivera algum merecimento"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.

Facebook

Inspirações

O Amor é Simples

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE