Versos: Camões, Grande Camões, quão Semelhante

14 Versos

>>

"Camões, grande Camões, quão semelhante"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Acho teu fado ao meu, quando os cotejo"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Igual causa nos fez, perdendo o Tejo"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Arrostar co'o sacrílego gigante"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Como tu, junto ao Ganges sussurrante"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Da penúria cruel no horror me vejo"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Como tu, gostos vãos, que em vão desejo"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Também carpindo estou, saudoso amante"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Ludíbrio, como tu, da Sorte dura"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
"Meu fim demando ao Céu, pela certeza"
Autor - Manuel Maria Barbosa du Bocage
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.

Facebook

© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE