Versos: Aquela que Cantei na Doce Lira

14 Versos

>>

"Aquela que cantei na doce lira"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Que já do Tempo estragos tem sentido"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Inda veio, com seu garbo fingido"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Tentar meu coração, que em paz respira"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Mas, qual duro rochedo que não vira"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Por mais que o bata o mar enfurecido"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Assim firme fiquei, no meu sentido"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Vendo o cepo enfeitado da Mentira"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Encarei-o com dor, mas sem transporte"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
"Pois de meus longos anos na carreira"
Autor - Francisco Joaquim Bingre
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.

Facebook

© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE