Versos: O Palácio da Ventura

14 Versos

>>

"Sonho que sou um cavaleiro andante"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"Por desertos, por sóis, por noite escura"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"Paladino do amor, busco anelante"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"O palácio encantado da Ventura"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"Mas já desmaio, exausto e vacilante"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"Quebrada a espada já, rota a armadura"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"E eis que súbito o avisto, fulgurante"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"Na sua pompa e aérea formosura"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"Com grandes golpes bato à porta e brado:"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
"Eu sou o Vagabundo, o Deserdado"
Autor - Antero de Quental
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE