Versos: Soneto de Mal Amar

14 Versos

>>

"Invento-te recordo-te distorço"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"a tua imagem mal e bem amada"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"sou apenas a forja em que me forço"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"a fazer das palavras tudo ou nada"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"A palavra desejo incendiada"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"lambendo a trave mestra do teu corpo"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"a palavra ciúme atormentada"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"a provar-me que ainda não estou morto"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"E as coisas que eu não disse? Que não digo:"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
"Meu terraço de ausência meu castigo"
Autor - José Carlos Ary dos Santos
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.

Facebook

Inspirações

Amor Bobo

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE