Versos: Vertentes

24 Versos

>>

"As palavras esperam o sono"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"e a música do sangue sobre as pedras corre"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"a primeira treva surge"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"o primeiro não a primeira quebra"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"A terra em teus braços é grande"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"o teu centro desenvolve-se como um ouvido"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"a noite cresce uma estrela vive"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"uma respiração na sombra o calor das árvores"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"Há um olhar que entra pelas paredes da terra"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
"sem lâmpadas cresce esta luz de sombra"
Autor - António Ramos Rosa
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.

Facebook

Inspirações

Um Homem Comum

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE