Friedrich Wilhelm Joseph von Schelling

Alemanha
27 Jan 1775 // 20 Ago 1854
Filósofo

A Consciência Limita a Liberdade

Onde há liberdade absoluta, há bem-aventurança absoluta, e inversamente. Mas, com a liberdade absoluta, também não é mais pensável nenhuma autoconsciência. Uma actividade para a qual não há mais nenhum objecto, nenhuma resistência, nunca retorna a si mesma. Somente pelo retorno a si mesmo surge uma consciência. Somente uma realidade limitada é efectividade para nós.
Onde cessa toda a resistência, há extensão infinita. Mas a intensidade da nossa consciência está na proporção inversa da extensão do nosso ser. O momento mais alto do ser é, para nós, passagem ao não-ser, momento de anulação. Aqui, no momento do ser absoluto, a suprema passividade unifica-se com a mais ilimitada das actividades. A actividade ilimitada é... calma absoluta, epicurismo perfeito.

Friedrich Schelling, in 'Sobre o Dogmatismo e o Criticismo'




Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE