Érico Veríssimo

Brasil
17 Dez 1905 // 28 Nov 1975
Escritor

A Crise do Homem Moderno

Sou otimista com relação ao homem. Não penso em Hitler sem me lembrar também de Mozart. Acho que o homem é um animal agressivo, não há dúvida, mas a diferença entre ele e o lobo é que a criatura humana pensa, é ao mesmo tempo sujeito e objeto, tem a capacidade de ver o seu lado negativo e deplorá-lo. Não ignora que tem um futuro. Tem também a consciência de sua finitude. É - salvo as aberrações - capaz de compaixão, de contrição e de amor. E a crise do mundo moderno não será principalmente a falta de amor?

Érico Veríssimo, in 'Incidente em Antares'




Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE