Eduardo Galeano

Uruguai
3 Set 1940 // 13 Abr 2015
Jornalista / Escritor

9 Textos



Chorar (1)

Foi na selva, na Amazónia equatoriana. Os índios shuar choravam uma avó moribunda. Choravam sentados, na beira da sua agonia. Uma testemunha, vinda de outros mundos, perguntou:
- Porque chora...

Celebração do Riso (2)

José Luis Castro, o carpinteiro do bairro, tem muito boas mãos. A madeira, que se sabe amada por ele, deixa-se moldar.
O pai de José Luis chegara ao rio da Prata vindo de uma aldeia de Pontev...

Um Vasto Subúrbio (3)

A televisão dispara imagens que reproduzem o sistema e vozes que lhe fazem eco; e não há recanto do planeta onde ela não chegue. O mundo inteiro é um vasto subúrbio de Dallas. Nós comemos emoções imp...

A Cultura do Espectáculo (4)

Fora do ecrã, o mundo é uma sombra indigna de confiança. Antes da televisão, antes do cinema, já era assim. Quando Buffalo Bill apanhava algum índio distraído e conseguia matá-lo, começava rapidament...

A Televisão (5)

A televisão mostra o que acontece? Nos nossos países, a televisão mostra o que ela quer que aconteça; e nada acontece se a televisão não o mostra.
A televisão, essa luz derradeira que nos sal...

Divórcios (6)

Um sistema de desvinculação: para que os calados não se tornem perguntadores, para que os visados pela opinião não se tornem opinantes. Para que não se juntem os sós, nem junte a alma os seus pedaços...

Os Chamares (7)

A lua chama o mar e o mar chama o humilde jorro de água, que em busca do mar corre, corre de onde for, por mais longe que seja, e correndo cresce e arremete, e não há montanha que lhe detenha o embat...

Os Amares (8)

Amávamo-nos girando pelo espaço e éramos uma bolinha de carne saborosa e sumarenta, uma única bolinha quente que brilhava e exalava aromas e vapores suculentos enquanto dava voltas e mais voltas pelo...

O Amor é uma das Doenças Mais Tramadas e Contagiosas (9)

O amor é uma das doenças mais tramadas e contagiosas. Qualquer um reconhece os doentes. Olheiras fundas revelam que nunca dormimos, acordados noite após noite, pelos abraços ou pela ausência dos abra...


Facebook

loading...
© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE