Georg Christoph Lichtenberg

Alemanha
1 Jul 1742 // 24 Fev 1799
Físico/Escritor

11 Textos



O Paradoxo do Tempo (1)

Frequentemente observei o seguinte: quanto mais variados os acontecimentos que se sucedem, tanto mais rapidamente passam os nossos dias, mais longo, ao contrário nos parece o tempo passado, a soma de...

Nunca nos Empenhamos em Pleno (2)

Conquistar o êxito graças a obras que não exigiram a totalidade das nossas forças é uma coisa perigosa para o aperfeiçoamento do espírito. Segue-se, normalmente, que se espezinha no mesmo local. É o ...

Regra Essencial de Leitura (3)

Uma regra da leitura consiste em reduzir a poucas palavras a intenção e a ideia principal do autor e em apossar-se delas sob essa froma. Quem lê assim, fica ocupado e lucra. Existe uma espécie de lei...

Homens Exageradamente Subtis (4)

Os homens exageradamente subtis raro são grandes homens, e as suas pesquisas são, na maior parte dos casos, tão inúteis como requintadas. Afastam-se cada vez mais da vida prática, de que se deveriam ...

Palavras Gastas pelo Mau Uso (5)

Diz-me se essa palavra aí não está singularmente vestida e poderás ver todas as minhas nuas antes das coisas que medito as terem coberto com uma libré. É uma vergonha que a maior parte das nossas pal...

Recordar é Limitar (6)

Não fosse a lembrança da mocidade, não se ressentiria a velhice. Toda a doença consiste em não se poder fazer mais o que se pôde fazer outrora. Pois o velho, no seu género, é decerto uma criatura tão...

Inteligência de Rotina (7)

A matemática é uma ciência muito bela. Os matemáticos porém, muitas vezes, nada valem. Acontece com a matemática quase o mesmo que com a teologia. Da mesma maneira que os homens se dedicam à última, ...

A Hipocondria (8)

Há doenças graves de que podemos morrer; a seguir, há outras que notamos e sentimos sem muitas preocupações, pois que delas se não morre logo; por fim, existem também as que apenas se reconhecem ao m...

A Melhoria dos Povos Melhora os seus Deuses (9)

À medida que os povos se tornam melhores, os Deuses melhoram também. Mas como não se lhes pode eliminar, imediatamente, as particularidades humanas que tempos mais grosseiros lhes atribuiram, as pess...

A Boa Vontade (10)

Quando um homem faz qualquer coisa de muito boa vontade é quase sempre porque aquela contém um elemento que não é a coisa em si. Aqui temos uma observação que redundaria num êxito de grande utilidade...

O Excesso de Leitura (11)

Acredito que entre os maiores espíritos alguma vez existentes, muitos não leram metade sequer do que lê qualquer sábio mediano dos nossos dias, e que sabiam infinitamente menos do que ele. Também acr...


Facebook

Inspirações

Um Homem Comum

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE