Guy Debord

França
28 Dez 1931 // 30 Nov 1994
Escritor

7 Textos



Valoriza-se mais o Ter que o Ser (1)

A primeira fase da dominação da economia sobre a vida social levou, na definição de toda a realização humana, a uma evidente degradação do ser em ter. A fase presente da ocupação total ...

O Esmagamento do Eu (2)

O espectáculo (da sociedade de consumo) que é a extinção dos limites do eu e do mundo pelo esmagamento do eu que a presença-ausência do mundo assedia, é igualmente a supressão dos limit...

O Espectáculo é a Ideologia por Excelência (3)

O espectáculo (da sociedade de consumo) é a ideologia por excelência, porque expõe e manifesta na sua plenitude a essência de qualquer sistema ideológico: o empobrecimento, a submissão e a negação da...

Sociedade Espectaculista (4)

A sociedade que repousa sobre a indústria moderna não é fortuitamente ou superficialmente espectacular, ela é fundamentalmente espectaculista. No espectáculo da imagem da economia reinante, o ...

Sociedade de Indivíduos Normalizados (5)

O apagamento da personalidade acompanha as condições da existência concretamente submetida às normas espectaculares da sociedade de consumo, e também cada vez mais separada das possibilidades ...

O Autofagismo do Meio Urbano (6)

O momento presente é o momento do autofagismo do meio urbano. O rebentar das cidades sobre campos recobertos de «massas informes de resíduos urbanos» (Lewis Mumford) é, de um modo imediato, presidido...

A Decadência da Ciência (7)

Ouve-se dizer que a ciência está actualmente submetida a imperativos de rentabilidade económica; na verdade sempre foi assim. O que é novo é que a economia venha a fazer abertamente guerra aos humano...


Facebook

Inspirações

A Grande Sabedoria

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE