Joaquim Pessoa

Portugal
n. 22 Fev 1948
Poeta

14 Textos

<<

A um Passo do Amor (11)

A um passo do amor estarás a um passo do futuro e a duzentos mil anos do passado. O teu nome é o nome de todas as coisas-, quando todas as coisas respiram no teu nome. Entre o sofrimento e a felicida...

Atreve-te a Julgar (12)

Atreve-te a julgar. Julga os outros julgando-te a ti mesmo. A natureza das coisas é a tua natureza. Respira-te, despe-te, faz amor com as tuas convicções, não te limites a sorrir quando não sabes o ...

É Provável que Ainda a Ame (13)

É provável, sim, é provável que ainda a ame, que ame nela o que antes soube amar, a cabeleira escura, o ventre inquietante, o peito guardando a alegria de um coração solar. Os meus olhos profundos se...

As Tuas Lágrimas (14)

As tuas lágrimas respiram e florescem, o lugar onde te sentas é o rio que corre em sobressalto por dentro de uma árvore, seiva renovada que transporta palavras até às folhas felizes de~um amor demora...
<<

Facebook

Inspirações

Amor Sem Palavras

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE