Joel Neto

Portugal
n. 3 Mar 1974
Escritor / Cronista

23 Textos

>>

A Mulher por quem Esperara tantos Anos (1)

Alguma coisa dentro dele voltou a si. Foi como se, de repente, estivessem efectivamente ali os dois. E, reacendendo a luz, encostou os lábios aos dela e sentiu, enfim, o calor que deles se emitia, e ...
Arquipélago

Saber Zangar-se (2)

O que me parece é que as pessoas, em geral, como que deixaram de saber zangar-se. Deixaram de saber zangar-se com aquilo que consideram errado – e, pior ainda, deixaram de saber dizê-lo na cara umas ...
Banda Sonora para um Regresso a Casa

O Mundo dos Solteiros (3)

Agora a sério: você conhece algum solteiro verdadeiramente satisfeito com a sua condição de solteiro? Eu não. Conheço vários solteiros que se dizem satisfeitos com a sua condição de solteiros, mas qu...
Banda Sonora para um Regresso a Casa

Casamento e Amor (4)

Um casamento pode sobreviver a um homem infiel e pode sobreviver a uma mulher infiel também. Um casamento são duas pessoas que estão juntas – e, felizmente, as razões por que as pessoas estão juntas ...
Banda Sonora para um Regresso a Casa

Pais Aprisionados (5)

As crianças tornaram-se uma arma de arremesso à medida de quase tudo. Justificam as discussões entre marido e mulher, justificam a falta de generosidade para com o próximo, justificam a indisponibili...
Banda Sonora para um Regresso a Casa

O Lugar Certo (6)

O tempo mudava de um momento para o outro, juntando, no curto espaço de vinte e quatro horas, a Primavera e o Outono, o Verão e até Inverno. Mas José Artur sentia-se vivo como um lobo das estepes lib...
Arquipélago

Modos de Vida (7)

Portanto, quanto aos modos de vida, conserva um pé dentro e outro fora. Deixa-te fascinar pelas identidades e pelas tradições — pelas histórias que contam, pela História de que são mensageiras. Mas n...
A Vida no Campo

A Cantiga do Optimismo (8)

Não embarquem na cantiga do optimismo. Sempre que possível, vejam as coisas pelo lado ruim. Desejem o melhor, mas não deixem nunca de esperar o pior. E saibam que dois terços das conquistas do Homem ...
Banda Sonora para um Regresso a Casa

Jogar à Bola na Rua (9)

- É triste, sabes? As crianças, hoje em dia, mesmo as mais dadas a jogos de computador e sei lá mais o quê, alimentam-se melhor, fazem mais exercício, têm físicos mais equilibrados. Para além de tudo...
Os Sítios Sem Resposta

Cidadão do Mundo (10)

De todas as grandes tiradas da História, em boa verdade, aquela que eu mais depressa aprendera a detestar fora essa do «cidadão do mundo», com que a classe média de Lisboa tanto gostava de encher a b...
Os Sítios Sem Resposta

As Ilhas e as Flores (11)

Percorreu um trilho ao longo da manhã e sentou-se a comer entre as azáleas. Quando um dia voltasse a partir, talvez nada lhe fizesse tanta falta como as flores. As hortênsias e as árvores-de-fogo, as...
Arquipélago

Ser Escritor (12)

E, então, porque não podemos viver de outra maneira, escrevemos. E cai-nos o cabelo e apodrecem-nos os dentes, como dizia Flannery O’Connor.

E somos uns chatos. E somos maus maridos ...

Quando um Homem (13)

Quando um homem começa a vê-los a todos como tipos mais ou menos bons, isso significa o quê? Que está a ficar velho?
Que se vai, enfim, reconciliando com o mundo?
Que perdeu a paciênc...
A Vida no Campo

A Sopa Azeda (14)

A dita sopa azeda não se parecia com nada do que tivesse provado até àquele momento. Num ápice, desfilaram vários sabores vindos como que do próprio interior do tempo. E, quando ele se pôs a percorrê...
Arquipélago

Os Conselhos Mais Absurdos (15)

As pessoas trocavam os conselhos mais absurdos. Incapazes de se escutarem, passavam as conversas a falar de si próprias, em apaixonadas manifestações de egotismo que tornavam insuportáveis até os enc...
Os Sítios Sem Resposta

Os Distraídos e os Organizados (16)

O «distraído» é a figura mais privilegiada de uma família, de um grupo de amigos, de uma empresa. O «distraído» chega sempre atrasado - paciência, é distraído. O «distraído» chumba na escola primária...
Banda Sonora para um Regresso a Casa

Reinventar o Mistério (17)

Cada vez acredito mais nisso: pode efectivamente haver bom sexo sem pecado. Mas não pode, nunca pôde, nem nunca poderá haver bom sexo sem mistério. Se muitos casais perdem o desejo ao fim de alguns a...
Banda Sonora para um Regresso a Casa

As Entranhas da Terra na Vida de um Homem (18)

Ao fim dos primeiros dias de trabalho, deu por si de pé no centro do corredor, percorrendo as divisões com o olhar, e julgou perceber melhor a massa de que era feito o seu povo. Tudo oxidava. Os meta...
Arquipélago

A Velha Angra (19)

Olhou sobre a velha Angra, aninhada aos pés do Monte Brasil, as araucárias erguendo-se contra o céu cinzento. Esquadrinhou com o olhar as suas ruas, os seus solares e palácios, as suas igrejas. Imagi...
Arquipélago

A Génese de um Povo (20)

A refeição chegou muito tempo depois, fumegante, num alguidar de barro de cujo interior provinham diferentes odores a infância e a flores. A sua chegada, a sala inteira pareceu aquecer-se. Como em cr...
Arquipélago
>>

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE