Luigi Pirandello

Itália
28 Jun 1867 // 10 Dez 1936
Escritor/Dramaturgo

8 Textos



Ninguém Se Conhece a Si Mesmo (1)

Julga que se conhece, se não se construir de algum modo? E julga que eu posso conhecê-lo, se não o construir à minha maneira? E julga que me pode conhecer, se não me construir à sua maneira? Só podem...

Nós Nunca Nos Entendemos (2)

Após uma boa hora de conversa, entendemo-nos perfeitamente. Amanhã vem ter comigo com as mãos na cabeça, gritando:
- Como é possível? O que é que você percebeu? Não me disse isto e isto?

O Entendimento das Almas (3)

As almas têm um modo especial de se entenderem, de entrarem em intimidade, de se tratarem, até, por tu, enquanto as pessoas ainda se sentem embaraçadas com o comércio das palavras, na escravidão das ...

O Paradoxo da Representação da Realidade (4)

Farei, porém, um esforço para vos dar aquela realidade que vocês julgam ter, ou seja, esforçar-me-ei por vos querer em mim como vocês se querem. Já sabemos que não é possível, dado que, por mais esfo...

A Nossa Consciência é Fabricada a Partir da Visão dos Outros (5)

Sempre que nos acontece descobrir algo que os outros supõem que nunca vimos, não corremos a chamar alguém para que o veja connosco?
- Oh, meu Deus, o que é?
Se, por acaso, a visão dos o...

A Tirania do Sofrimento (6)

O homem, quando sofre, faz uma ideia muito ideia muito especial do bem e do mal, ou seja, do bem que os outros lhe deveriam fazer e que ele pretende como se do seu sofrimento derivasse um qualquer di...

A Igreja Restringe o Potencial Divino (7)

Como casa de Deus, o mundo é sem dúvida infinitamente maior e mais rico do que uma igreja; incomparavelmente mais nobre e precioso do que qualquer altar, o espírito do homem em adoração do mistério d...

O Simbolismo do Objecto (8)

Cada objecto costuma transformar-se, em nós, segundo as imagens que evoca e reúne, por assim dizer, em seu redor. É claro que um objecto também pode agradar por si mesmo, pela diversidade das sensaçõ...


Facebook

Aceite-se

Certo dia, estava numa floresta. Era a época das chuvas e as árvores estavam cheias de alegria. Perguntei aos meus companheiros: - Veem como as árvores estão? E porquê? Porque se tornaram aquilo que...

O Meu Futuro

Do ponto de vista da literatura, o meu futuro é muito simples. O meu talento para retratar os sonhos da minha vida interior empurrou todos os outros temas para o lado, e está de tal maneira enfezado ...
Inspirações

Amor Microscópico

© Copyright 2003-2016 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE