Zeca Afonso

Portugal
2 Ago 1929 // 23 Fev 1987
Cantor / Compositor

2 Textos



Prosema I (1)

Com a devida vénia me reparto junto do tampo de mármore meu secretário tão certo. Desde quando deixara eu de ouvir esta palavra? Logrei substituí-la numa manhã óptima mas não esta em que a mola salta...

Prosema II (2)

Para iludir a dúvida, privado de equipagens, nenhum dos habituais pontos de referência vem em meu auxílio. Procuro um ancoradouro distante, fora do estreito mundo em que me movo.
Inútil: bic...


Facebook

Inspirações

Ter ou Ser

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE