Johann Wolfgang von Goethe

Alemanha
1749 // 1832
Escritor, Cientista, Mestre de Poesia, Drama e Novela

Arte e Facilitismo

A história da arte só pode basear-se na mais elevada e completa concepção da arte. O progresso cronológico e psicológico da humanidade na arte somente pode ser exibido mediante o contacto com os mais perfeitos objectos que o homem tem sido capaz de produzir. A arte foi de início uma atividade limitada, ocupada com a seca e magra imitação tanto do significante como do insignificante. Desenvolveu-se, então, uma sensibilidade mais delicada e atraente pela natureza, e, finalmente, conhecimento, regularidade, força e seriedade foram acrescentados de tal modo que, favorecida pelas circunstâncias, a arte elevou-se às alturas, até que afinal se tornou possível para o génio afortunado, munido de tudo isso, produzir o encantador e o perfeito. Infelizmente, porém, as obras de arte que proclamam tal facilidade, que dão aos homens um sentimento tão reconfortante, que os inspiram com liberdade e serenidade, sugerem ao artista que deseja emulá-las que elas foram criadas com igual facilidade. A mais alta realização da arte e do génio é uma aparência de facilidade e leveza, e o imitador sente-se tentado a facilitar as coisas para si mesmo e trabalhar apenas nessa aparência superficial. Assim a arte gradualmente declina da sua condição elevada, tanto no todo como nos detalhes.

Johann Wolfgang von Goethe, in "Propylaen - Introdução"
Garantia de Qualidade
O Citador é o maior site de citações, frases, textos e poemas genuínos e devidamente recenseados em língua portuguesa. Desde o ano 2000 que o Citador recolhe counteúdos directamente das fontes bibliográficas, sem recorrer a cópias de outros sites ou contributos duvidosos a partir de terceiros. Tem atenção aos Direitos de Autor.
Pesquisa

Citador em Inglês